Category: Número 9 - Abril 2009

17-04-09

CARNAVAL 2009

Permalink 11:26:14, Categories: Número 9 - Abril 2009  

MÁSCARAS PARA TODOS OS GOSTOS

Como a Páscoa ocorre no primeiro domingo após a primeira lua cheia que se verificar a partir do equinócio da primavera, no hemisfério norte, ou no equinócio do Outono, no hemisfério Sul, e todos os feriados eclesiásticos são calculados em função desta data, o dia de Carnaval ocorreu este ano a 24 de Fevereiro, ou seja, a quarenta e sete dias antes do dia da Páscoa, conforme a regra.

Na idade média o período de carnaval era marcado pelo “adeus à carne”, de que derivou a palavra “carnaval”, durante o qual havia grande concentração de festejos populares, onde cada cidade brincava à sua maneira e conforme os costumes locais.

Os festejos carnavalescos surgiram no século XI, com a implantação da Semana Santa, antecedida por quarenta e cinco dias da Quaresma, esta com início na Quarta-feira de Cinzas, o dia seguinte ao Carnaval.

O Carnaval dos tempos modernos, feito de desfiles e fantasias, teve o seu início no século XIX, sendo o modelo Parisiense o que mais impacto teve a nível mundial, especialmente no Brasil onde hoje a cidade de Rio de Janeiro se destaque pela beleza e número de participantes que envolve.

Com grandes tradições em Portugal e apesar de não ser feriado oficial, o carnaval estende-se por todo o fim-de-samana, com os principais desfiles ao Domingo e Terça-Feira, onde os carros alegóricos e as fantasias ocupam lugar de destaque.

No Poço Redondo e a par das Festas em Honra do Divino Espírito Santo, padroeiro do Lugar, desde há mais de setenta anos, com principal incidência nos últimos trinta, que os dias de carnaval constituem uma autêntica festa popular, com baile ao Sábado, “peditório dos chouriços”, baile e concurso de máscaras à Segunda e almoço popular na Terça-feira.

De entre todos estes eventos e embora seja o mais recente, por só ter surgido após a existência da Associação, a partir de 1975, o concurso de máscaras do Poço Redondo será, por certo, o que mais forasteiros atrai ao nosso Lugar, como o que aconteceu no presente ano em que assistiram ao mesmo mais de 400 pessoas.

Com cerca de 25 concorrentes, apresentaram-se a concurso máscaras de elevado nível, saindo vencedoras “a figura”; “a rainha da massa” e “o costureiro”, todas elas reveladoras de grande empenho e muito trabalho.

Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in D:\Websites\amcpocor\blogs.amcpocoredondo.pt\www\skins\_feedback.php on line 102 Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in D:\Websites\amcpocor\blogs.amcpocoredondo.pt\www\skins\_feedback.php on line 223

EDITORIAL

Permalink 11:19:41, Categories: Número 9 - Abril 2009  

A situação não é nova e, como tal, não podemos estranhar que a desgraça de uns contribua para felicidade de outros. É assim em muitos casos. Com os acidentes de viação, desgraça para os envolvidos, sorte para os prontos de socorro, oficinas e sucateiros. Com as mortes, desgraça para as vítimas e familiares, sorte para os cangalheiros e floristas, etc. etc.

Os fogos florestais têm sido uma praga nos últimos tempos, com o verde e a frescura das matas a darem lugar num ápice ao negro das cinzas e à desolação, como que se a fatalidade fosse um destino natural.

A mediocridade política não se cansa de ano após ano verberar o estado das coisas, mas, apesar disso, nunca até hoje foi capaz de implementar as medidas necessárias e adequadas a um eficaz ataque a este flagelo, especialmente em termos de prevenção.

Nada tem sido feito no que respeita à limpeza das matas. Quem as tiver que as limpe. E embora para tudo haja apoios e subsídios, para “este peditório” já toda a gente deu, porque os campónios não controlam jornais, nem a sua desgraça é notícia de abertura dos telejornais.

Ninguém se preocupa com a reflorestação dos terrenos ardidos, os erros do antes são os mesmos do depois: desordenamento das parcelas; inexistência de aceiros e estradões e utilização de espécies inapropriadas. E tudo isto porque é mais fácil comprar equipamentos de combate a incêndios ineficazes nas matas; recrutar polícias para adaptação a bombeiros; alugar ou comprar meios aéreos, etc. etc.

Os proprietários que se lixem, porque a sua desgraça tem que contribuir para a felicidade de muitos outros, mesmo que alguns destes tenham por obrigação evitar boa parte dela.

Habitualmente a época fatídica tem o seu início por alturas de Maio e o apogeu em Julho e Agosto. No entanto, este ano, pelos sinais, a sua chegada verificou-se muito mais cedo, como o indicam as centenas de fogos já detectados e combatidos e os milhares de hectares ardidos.

Quem vive no meio rural começa a ficar com o coração apertado e tem razão para isso.

Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in D:\Websites\amcpocor\blogs.amcpocoredondo.pt\www\skins\_feedback.php on line 102 Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in D:\Websites\amcpocor\blogs.amcpocoredondo.pt\www\skins\_feedback.php on line 223

CONHECENDO TOMAR ...

Permalink 11:18:25, Categories: Número 9 - Abril 2009  

CAPELA DE S. GREGÓRIO

Construção quinhentista de planta octogonal no corpo principal, tem como orago S. Gregório Nazianzeno, que pela sua profunda doutrina e encanto da sua eloquência foi conhecido como “o teólogo”, nascido no ano de 330, perto de Nazianzo, eleito bispo de Constantinopla em 381 e falecido na sua terra natal a 25 de Janeiro de 389 ou 390.

Situada junto da antiga Calçada de S. Gregório, em parte entaipada pela ladeira da Estrada de Leiria, esta linda capela com portal manuelino, sobriamente decorado e abrigado pela galilé (área alpendrada) assente em dez colunas toscanas, que circunda três dos seus lados, tem no seu interior dois painéis de azulejos do Séc.XVIII que invocam o padroeiro, originários do Convento das Trinas, em Lisboa, e uma sepultura com os dizeres:
S.ª DATº VAL.te E DE SVA
MOLHER E SEVS HER
DR IÑTITUIDOR
DESTA CÕFRa 1559

Deve tratar-se do homem que deu o nome à Horta do Valente – hoje Quinta da Anunciada – e que foi, pelos modos, o instituidor da Confraria de S. Gregório e talvez désse terreno da sua Horta para erigir a Capela.

Segundo os registos no Arquivo Nacional da Torre do Tombo, este pequeno templo terá sido emadeirado em 1535, cujos custos ascenderam a 600 reais.

Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in D:\Websites\amcpocor\blogs.amcpocoredondo.pt\www\skins\_feedback.php on line 102 Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in D:\Websites\amcpocor\blogs.amcpocoredondo.pt\www\skins\_feedback.php on line 223

SABIA QUE ...

Permalink 11:15:09, Categories: Número 9 - Abril 2009  

Os morcegos são os únicos animais mamíferos capazes de voar.

As suas cerca de mil espécies representam um quarto de toda a fauna de mamíferos do mundo. Possuem uma enorme variedade de formas e tamanhos, podendo ter uma envergadura de cinco centímetros até dois metros; enorme capacidade de adaptação a qualquer ambiente e ampla variedade de hábitos alimentares.

Somente três espécies se alimentam de sangue, morcegos hematófagos, apenas encontrados na América Latina e Sul do México.

São grandes contro-ladores das popu-lações de insectos, chegando algumas espécies a ingerirem duzentos ou mais insectos em poucos minutos de vôo.

A maioria destes mamíferos possui ainda um sexto sentido, denominado de ecolocalização, o que lhes permite através de ondas ulta-sónicas, emitidas pelas narinas e pela boca, detectar a existência de obstáculos, tal com o que acontece com os golfinhos e as baleias.

Terá sido a partir deste sentido, também conhecido por “biosonar”, que foram desenvolvidos os sonares de navios e aparelhos de ultra-som.

Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in D:\Websites\amcpocor\blogs.amcpocoredondo.pt\www\skins\_feedback.php on line 102 Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in D:\Websites\amcpocor\blogs.amcpocoredondo.pt\www\skins\_feedback.php on line 223

Segredos da Avó

Permalink 11:11:56, Categories: Número 9 - Abril 2009  

SANTOLA COM MIGAS

Número de pessoas: 4
Tempo preparação: 60 minutos
Grau de dificuldade: Fácil

Ingredientes:
- 4 Santolas vivas ou congeladas
- 4 ovos
- ¼ de miolo de broa de milho
- 1 cebola grande
- 1 ramo de salsa
- 1 cálice de vinho do Porto
- 1 cálide de vinho maduro branco
- 1-2 colheres de azeite
- 1 colher de mostarda
- Pimenta, piri-piri, miolo de camarão e sal, qb

Modo de Preparação:
Coza as santolas em água e sal e deixe arrefecer.
Faça o mesmo aos ovos.
Esmigalhe a broa, a gema dos ovos e o miolo de camarão.
Pique muito bem a cebola e a Salsa.
Retire o miolo comestível das santolas e junte-o com todos os outros ingredientes num recipiente.
Misture tudo muito bem. Acrescente a mostarda, os vinhos e tempere de sal e pimenta, juntando também o azeite.
Faça uma massa homogénea e volte a encher as santolas. Leve ao frigorífico o tempo suficiente e sirva de seguida.

Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in D:\Websites\amcpocor\blogs.amcpocoredondo.pt\www\skins\_feedback.php on line 102 Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in D:\Websites\amcpocor\blogs.amcpocoredondo.pt\www\skins\_feedback.php on line 223

MARGARINA MAIS SAUDÁVEL QUE A MANTEIGA

Permalink 11:08:23, Categories: Número 9 - Abril 2009  

Embora tanto a manteiga como a margarina tenham as suas desvantagens para a saúde, por ambas serem alimentos ricos em gorduras, será a manteiga, feita a partir da gordura do leite, face aos elevados níveis de colesterol e de gorduras saturadas que possui, a que maiores desvantagens apresenta.

De acordo com Natália Gomes, engenheira alimentar da Froöhlich, de Ivoti/RS, embora a margarina comum tenha a desvantagem de possuir gorduras trans, que inibem a acção de enzimas específicas do organismo, as mesmas podem ser eliminadas nos processos de fabricação através da hidrogenação total do óleo.

Apesar de num estudo da Nielsen, 77 por cento das mães entrevistadas reconhecerem que as margarinas têm origem vegetal e são uma boa gordura e isenta de colesterol, a verdade é que na altura da compra continuam a optar pela manteiga e o queijo, gorduras saturadas, com colesterol e sal.

Segundo Manuel Carrageta, presidente da Fundação Portuguesa de Cardiologia, as margarinas devem ser a escolha mais acertada para barrar o pão, pois uma alimentação saudável adia possíveis problemas cardiovasculares numa idade adulta.

Recorde-se que a margarina é obtida por meio de hidrogenação parcial de óleos vegetais – ricos em gorduras insaturadas – que consiste na adição de hidrogénio às duplas ligações dos ácidos graxos insaturados dos óleos vegetais, a uma temperatura bastante elevada, transformando a gordura insaturada em parcialmente saturada (a alta temperaturas modifica as moléculas) com o principal objectivo de solidificar o óleo vegetal que se apresenta líquido a uma temperatura ambiente.

Cristina Martins, nutricionista, mestre em nutrição clínica e doutora em ciências médicas, acrescenta ainda que uma vez que os alimentos de origem vegetal, como as frutas, os cereais, os óleos e as margarinas, não possuem colesterol, quando nos rótulos consta “sem colesterol”, tal facto outro objectivo não tem que não seja para confundir a cabeça dos consumidores.

Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in D:\Websites\amcpocor\blogs.amcpocoredondo.pt\www\skins\_feedback.php on line 102 Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in D:\Websites\amcpocor\blogs.amcpocoredondo.pt\www\skins\_feedback.php on line 223

ACTIVIDADES DO PRÓXIMO TRIMESTRE

Permalink 11:05:23, Categories: Número 9 - Abril 2009  

ABRIL
11 (Sábado de Aleluia)- BAILE COM O CONJUNTO “BANDA F”
25 – I ENCONTRO DE GRUPOS DE CANTARES REGIONAIS DO CONCELHO DE TOMAR, COM A PARTICIPAÇÃO:
GRUPO DE CANTARES POPULARES DA VENDA NOVA;
GRUPO DE CANTARES REGIONAIS “OS TEMPLÁRIOS”
GRUPO DE CANTARES POPULARES REGIONAIS “SANTA MARIA DOS OLIVAIS”;
CENTRO DE CANTARES POPULARES DO POVO DOS BRASÕES

MAIO
3 - II PASSEIO PEDESTRE DO POÇO REDONDO
31- FESTA DO ESPIRITO SANTO
MISSA SOLENE
TREMOÇADA
ALMOÇO DE CONFRATERNIZAÇÃO
PARTICIPAÇÃO NA FESTA DA PARÓQUIA DE OLALHAS

JUNHO
7 a 14 - 15º TORNEIO DE FUTSAL
27 - III RALLY PAPER

Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in D:\Websites\amcpocor\blogs.amcpocoredondo.pt\www\skins\_feedback.php on line 102 Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in D:\Websites\amcpocor\blogs.amcpocoredondo.pt\www\skins\_feedback.php on line 223

RIR É O MELHOR REMÉDIO

Permalink 11:01:26, Categories: Número 9 - Abril 2009  

O dentista para um alentejano:
- O seu dente está morto!
- Então, nesse caso, arranca-se, não é sr. Doutor?
- Bem, se quiser posso pôr uma coroa...
- Não, não, doutor... prefiro enterrá-lo sem cerimónias!

Vai uma senhora a uma loja e pergunta:
- Vende camisas de noite?
- Não, minha senhora. De noite estamos fechados.

Uma tia de Cascais lembrou-se de visitar umas famílias pobres para melhorar a sua imagem. Quando entrou numa casa viu um menino a coçar o ouvido com uma esferográfica, com muita delicadeza disse:
- Olha que matas o bichinho do ouvido.
O rapaz respondeu:
- Não faz mal, eu tenho mais na cabeça!!

Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in D:\Websites\amcpocor\blogs.amcpocoredondo.pt\www\skins\_feedback.php on line 102 Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in D:\Websites\amcpocor\blogs.amcpocoredondo.pt\www\skins\_feedback.php on line 223

BOLSA DAS PROFISSÕES

Permalink 10:58:30, Categories: Número 9 - Abril 2009  

Se imaginarmos uma “bolsa” onde cada uma das profissões fosse cotada, verificávamos que boa parte delas, dada a evolução dos tempos e da componente técnica e tecnológica que lhe está associada, desde há muito se encontram completamente ultrapassadas e, como tal, na dita bolsa fictícia, deixaram de ter qualquer valor.

São as chamadas profissões antigas que ou já desapareceram por completo ou apenas são exercidas por pessoas ligadas ao artesanato, como o tanoeiro, o oleiro e o cesteiro.
Outras há que, feita a adaptação às novas realidades, continuam a existir de forma bem diferente da original, por terem sido melhoradas com a introdução de equipamentos industriais, como são os casos, do serrador, do albardeiro, do ferreiro e do tanoeiro.

Muitas outras sofreram mutações diversas de acordo com as necessidades e o seu peso no sector onde se encontram integradas, como o que acontece com o carpinteiro, onde a especialização levou ao surgimento do carpinteiro de tosco e do carpinteiro de limpos, com primeiro utilizar a ferramenta diversa da do segundo, em muitas situações semelhantes à do serralheiro, dada a utilização de estruturas e painéis metálicos hoje muito utilizados na construção civil.

É precisamente para homenagear aqueles que em tempos idos exerceram as ditas profissões antigas, que nas próximas edições de “O POÇO” nos iremos debruçar sobre algumas delas, especialmente aquelas que desde há décadas se encontram extintas na nossa região, mas que na sua época serviram de sustento a muitas famílias e foram o primeiro emprego de uma mão cheia de jovens, especialmente até “emigrarem” para outras paragens na procura de melhores condições de vida, onde aprenderam outras profissões e ofícios.

A História de um povo será sempre constituída não só por acontecimentos de grande relevância, mas também pelos pequenos detalhes da vida do quotidiano. São retalhos do colectivo que além de traduzirem a vida sofrida de outros tempos, se apresentam como de elevada importância para que os jovens e outros menos jovens melhor percebam o quão difícil foi a vida das gerações que nos antecederam, pese embora o facto de actualmente ainda ser possível alguns dos intervenientes ilustrarem esses tempos com os seus depoimentos.

Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in D:\Websites\amcpocor\blogs.amcpocoredondo.pt\www\skins\_feedback.php on line 102 Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in D:\Websites\amcpocor\blogs.amcpocoredondo.pt\www\skins\_feedback.php on line 223

PROFISSÕES E OFÍCIOS DOS ANOS ONTEM

Permalink 10:55:13, Categories: Número 9 - Abril 2009  

O RESINEIRO

Palmilhando as matas de lés a lés, com o farnel à cinta e trabalhando de sol a sol, o resineiro tinha por função a sangria dos pinheiros de razoável porte, colocando púcaras, primeiro de barro e mais tarde de plástico, apoiadas em peça de madeira cravada no tronco para onde escorria a resina através de aplicação metálica, semi-circular, também ela espetada na árvore, logo acima do bordo do vaso.

Preparavam e exploravam a resina, colocando e substituindo as púcaras cheias por vazios, cujo conteúdo despejavam em recipientes apropriados, inicialmente barris de madeira com batoque quadrado e nos últimos anos em bidons metálicos, que negociavam com industriais do sector.

Como muitas outras profissões da época, também esta passava de pais para filhos e mesmo nos casos em que não era seguida, constituía normalmente a primeira ocupação dos mais novos, especialmente até há idade da tropa.

Sendo uma importante fonte de riqueza no meio rural e empregando centenas de pessoas, a resina dava de “comer a muita gente”, proporcionando ainda aos proprietários dos pinhais as receitas necessárias à limpeza dos mesmos.

Embora na altura as nossas florestas se encontrassem quase sempre limpas de mato e lenha e logo os incêndios fossem pouco frequentes, os resineiros funcionavam também um pouco como vigilantes, pelo que assim que detectado qualquer foco, as labaredas eram de imediato combatidas com enxadas, pás e roçadoras, por forma a evitar a sua propagação.

Com a baixa dos preços da resina, a emigração, a falta de limpeza das matas, a dizimação dos pinhais por acção dos incêndios, e a eucaliptização, a profissão deixou de ser rentável e os “oficiais” que ainda existiam obrigados a procurar outros trabalhos.

Embora não tenha sido uma das profissões mais procuradas na região, ainda hoje se encontram vivos alguns em que a barba lhe nasceu nos pinhais, nomeadamente em Olalhas.

....................................................................................

"Se queres prever o futuro, estuda o passado" - Confúcio

Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in D:\Websites\amcpocor\blogs.amcpocoredondo.pt\www\skins\_feedback.php on line 102 Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in D:\Websites\amcpocor\blogs.amcpocoredondo.pt\www\skins\_feedback.php on line 223

Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in D:\Websites\amcpocor\blogs.amcpocoredondo.pt\www\plugins\_calendar.plugin.php on line 135 Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in D:\Websites\amcpocor\blogs.amcpocoredondo.pt\www\plugins\_calendar.plugin.php on line 865
October 2019
Mon Tue Wed Thu Fri Sat Sun
 << <   > >>
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31      

Boletim "O Poço"

Search

Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in D:\Websites\amcpocor\blogs.amcpocoredondo.pt\www\plugins\_archives.plugin.php on line 152 Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in D:\Websites\amcpocor\blogs.amcpocoredondo.pt\www\plugins\_archives.plugin.php on line 329

Misc

XML Feeds

What is this?

powered by
b2evolution