Category: Número 3 - Outubro 2007

06-03-08

EDITORIAL

Permalink 16:41:43, Categories: Número 3 - Outubro 2007  

No passado mês Setembro, fechou-se o ciclo da recuperação das construções com peso histórico no Poço Redondo, iniciado em 1998 com a Fonte do Vale da Serpa, continuado com as recentes obras nos lavadouros públicos, por via do alargamento da Estrada Municipal, e por fim com a reconstrução da chamada Fonte Velha do lugar.
Arrumado que está o passado nesta vertente, importa encarar o futuro com os pés bem assentes no presente, por forma a sermos capazes de encontrar as melhores soluções para algumas das carências que em consequência do desenvolvimento nos tem surgido pela frente.
Nesse sentido, torna-se necessário e urgente encontrar-se uma saída para a construção de balneários junto do polidesportivo; a construção de instalações sanitárias dignas para apoio às Festas de Arraial; e a construção de um armazém para recolha do equipamento das Festas, dado os existentes já serem manifestamente insuficientes.
Embora conscientes das dificuldades, estamos convictos que, como sempre tem acontecido, também estas etapas mais tarde ou mais cedo serão vencidas.

Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in D:\Websites\amcpocor\blogs.amcpocoredondo.pt\www\skins\_feedback.php on line 102 Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in D:\Websites\amcpocor\blogs.amcpocoredondo.pt\www\skins\_feedback.php on line 223

FESTEJANDO ...

Permalink 16:40:46, Categories: Número 3 - Outubro 2007  

Realizou-se nos passados dias 7, 8, 9 e 10 de Setembro a grande festa anual do Poço Redondo.
Não fugindo à tradição, esta não foi apenas mais uma festa. Tivemos quatro dias repletos de animação e boa disposição, onde não faltaram o Touro Mecânico e uma Garraiada na tarde de sábado. As noites foram abrilhantadas pelas actuações dos conjuntos Réplika, Ganda Banda, Meidin e Top+. , e a participação das pessoas ao longo destes dias foi em “grande massa”. O dia de domingo foi dedicado à tradição religiosa, com a celebração de uma missa, seguida da habitual procissão.

A segunda-feira foi unanimemente considerada como um dos melhores dias da festa com grande animação a reinar durante toda a noite.
A nível organizativo correu tudo da melhor forma, estando neste aspecto de parabéns a equipa de festeiros composta por Nuno Vargas, Nuno Quaresma, Gil Horta, Leandro Machio, Almerindo Cartaxo e Nuno Ricardo.

Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in D:\Websites\amcpocor\blogs.amcpocoredondo.pt\www\skins\_feedback.php on line 102 Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in D:\Websites\amcpocor\blogs.amcpocoredondo.pt\www\skins\_feedback.php on line 223

PRÓXIMAS ACTIVIDADES E EVENTOS

Permalink 16:37:47, Categories: Número 3 - Outubro 2007  

Outubro
13 - VII Torneio Aberto de Sueca
27 - Festa/Convívio, com Concurso de Anedotas e Música Popular

Novembro
1 - Participação na V Feira das Tasquinhas, em Olalhas
3 e 4 - IV Mostra de Artesanato

Dezembro
01 - 32º Aniversário da Associação
22 - Festa de Natal
31 - Réveillon

Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in D:\Websites\amcpocor\blogs.amcpocoredondo.pt\www\skins\_feedback.php on line 102 Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in D:\Websites\amcpocor\blogs.amcpocoredondo.pt\www\skins\_feedback.php on line 223

RECONSTRUÇÃO DA FONTE VELHA

Permalink 16:35:56, Categories: Número 3 - Outubro 2007  

Sessenta e três anos após a sua edificação e depois das obras de beneficiação de que foi objecto ao longo dos anos, foi inaugurada, no passado dia 2 de Setembro, a reconstrução da chamada Fonte Velha do Poço Redondo, com a presença dos Presidentes e demais membros dos executivos das Juntas de Freguesia de Junceira e Olalhas, representantes de várias Associações de ambas as freguesias, cerca de uma centena de sócios da Associação e alguns órgãos de comunicação social.
Construída numa época de má memória para a humanidade, por ter ocorrido num dos momentos mais negros do Século XX como foi a II Guerra Mundial, ali saciaram a sede aqueles que por imposição do regime político da época se deslocaram à loja do “estalagem” com a caderneta do racionamento na esperança de aí conseguirem o pouco que lhes era possível para garantir o sustento das famílias ou para comprarem, a fiado, o cotim para os fundilhos ou chapeiros nas calças dos homens e a sarja para as batas domingueiras das mulheres.
Testemunha silenciosa desses tempos difíceis, das suas entranhas jorrou a água que refrescou os pés descalços das crianças, envoltos na terra solta dos caminhos e rasgados pelos espinhos das estrumeiras, que juncavam as Ruas do Poço Redondo.
Também ali se comentaram as novidades da terra; se aprovaram e desaprovaram namoricos e se falou de uns de outros, como se a vida de cada um a todos dissesse respeito.
Ponto de encontro da juventude dos anos de cinquenta e sessenta, onde aos domingos à tarde os rapazes apresentaram as novíssimas camisas tv, com esticadores no colarinho e as raparigas bonitos vestidos de chita e casacos de malha tecidos aos serões, à lareira, enquanto a ceia se fazia, ali se “arranjaram” compadres e comadres por força do jogo da linha; se jogou à canastra e ao lenço; se trocaram olhares envergonhados, discretos e maliciosos; se arranjaram namoricos e se combinaram encontros.
Por tudo isso, a reconstrução da Fonte Velha além de procurar preservar um bem colectivo, constitui uma justa homenagem a todos aqueles que dela dependeram para terem a água necessária ao uso doméstico e os que ali viveram alguns dos momentos mais inesquecíveis da sua juventude.
Mas para que tal fosse possível e dado o estado de degradação em que se encontrava, foi necessário um enorme esforço financeiro da Associação, na ordem dos 5.000 €uros, que, como certamente se compreenderá, não poderá ser considerado como valor insignificante, apesar da disponibilidade da Junta de Freguesia da Junceira em colaborar nas despesas.

Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in D:\Websites\amcpocor\blogs.amcpocoredondo.pt\www\skins\_feedback.php on line 102 Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in D:\Websites\amcpocor\blogs.amcpocoredondo.pt\www\skins\_feedback.php on line 223

LIMPEZA DA FONTE DO VALE DA SERPA

Permalink 16:31:47, Categories: Número 3 - Outubro 2007  

Decorreu no dia 29 de Julho mais um encontro na Fonte do Vale da Serpa.
Neste encontro não tínhamos a pretensão de lavarmos qualquer roupa suja, como os nossos conterrâneos o fizeram durante largos anos, nem beber da água que ali corre durante todo o ano, mas sim procedermos à limpeza de todo o espaço do Vale da Serpa.
Já se torna habitual esta “romaria”, que temos efectuado regularmente para que se mantenha o espaço, como um local digno da memória de tudo o que os nossos antepassados ali viveram.
Quem não se lembra dos familiares mais antigos irem buscar água para beber, a uma das únicas Fontes existentes na altura?
Quem não se lembra das avós e mães que se juntavam para irem lavar a roupa no Tanque do Vale da Serpa?
Alguns ainda fazem parte desse tempo e decerto que têm estas memórias bem vivas e adoraram o facto da Fonte e Tanque não pertencerem à lista de coisas que hoje em dia se deixam destruir apenas porque são “velhas”.
Após a limpeza da fonte, do tanque e da criação de um charco para que os animais ali possam beber água e refrescar-se, deu-se início a um grande repasto, servido ali mesmo, e bastante adequado ao esforço efectuado na limpeza.
Esta é mais uma forma de mantermos vivos os símbolos mais representativos do Poço Redondo.

Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in D:\Websites\amcpocor\blogs.amcpocoredondo.pt\www\skins\_feedback.php on line 102 Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in D:\Websites\amcpocor\blogs.amcpocoredondo.pt\www\skins\_feedback.php on line 223

CONHECENDO TOMAR ...

Permalink 16:26:31, Categories: Número 3 - Outubro 2007  

SINAGOGA

A Sinagoga de Tomar é o único templo hebraico proto-renascentista existente em Portugal. De planta quase quadrada, tem fachada ao Norte e iluminação apenas nas paredes do Norte e Sul. O pavimento mergulha cerca de meio metro abaixo do nível actual da Rua e a cobertura de abobadas de aresta, caiadas de banco, assenta em mísulas, colunas e capitéis de sabor oriental.
As doze mísulas das paredes simbolizam as doze tribos de Israel e as quatro colunas as quatro matriarcas: Sara, Rebeca; Léa e Raquel, estas últimas as gémeas filhas de Labão. É por isso que os capitéis decorados com motivos vegetais são iguais em duas colunas e diferentes nas restantes.
Foi mandada erigir pelo Infante D. Henrique no Sec. XV , ao aperceber-se do importante papel que os Judeus poderiam ter para o desenvolvimento da vila (que fixou na Rua da Judiaria, mais tarde Rua Nova e hoje Joaquim Jacinto) e encerrada em 1496, aquando da expulsão dos Judeus. Convertida em cadeia municipal no Sec. XVI, aparece referenciada como Ermida de S. Bartolomeu no Sec. XVII, e mais tarde, já no Sec. XIX como palheiro, celeiro, armazém e arrecadação.
Classificada como Monumento Nacional em 1921, veio a recuperar a dignidade perdida pela mão de Samuel Schwarz, judeu polaco investigador da Cultura Hebraica, que a adquiriu em 1923 e em 1939 a doou ao Estado Português para o Museu Luso-Hebraico de Abrão Zacuto. Em 1942 e 1943 foram feitas obras de adaptação para o Museu e em 1949 obras de ampliação. Em 1952 foi construída a habitação para o guarda.
Escavações de 1985 mostraram estruturas de aquecimento de água e talhos, o que veio a comprovar a existência de sala para os banhos purificadores.

Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in D:\Websites\amcpocor\blogs.amcpocoredondo.pt\www\skins\_feedback.php on line 102 Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in D:\Websites\amcpocor\blogs.amcpocoredondo.pt\www\skins\_feedback.php on line 223

RIR É O MELHOR REMÉDIO

Permalink 16:22:51, Categories: Número 3 - Outubro 2007  

Diz a doente para o cirurgião:
- Prefiro morrer a ser operada!
- Calma, minha senhora, uma coisa não impede a outra...

- Ontem salvei o meu pai de um assalto!
- Apanhaste o ladrão?
- Não. Tirei o dinheiro da carteira dele antes do ladrão

Foi encontrado o seguinte anúncio: 'manco da perna esquerda procura manco da perna direita para comprar um par de sapatos'.

Um homem guiava pela estrada quando atropelou e matou um galo. Pessoa conscienciosa parou na quinta próxima e pensando que o galo pertencia à casa, disse quando o lavrador perguntou o que desejava:
- Creio que matei o seu galo. Como posso substituí-lo?
- Bom... as galinhas andam por aí. Esteja à sua vontade!

Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in D:\Websites\amcpocor\blogs.amcpocoredondo.pt\www\skins\_feedback.php on line 102 Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in D:\Websites\amcpocor\blogs.amcpocoredondo.pt\www\skins\_feedback.php on line 223

SEGREDOS DA AVÓ

Permalink 16:21:54, Categories: Número 3 - Outubro 2007  

BACALHAU LÁ DE CIMA

Número de pessoas: 4
Modo preparação: Forno
Tempo preparação: 45 minutos
Grau de dificuldade: Fácil

450 g lombo(s) de bacalhau demolhado congelado
400 g miolo de broa de milho
1 c. sopa salsa picada
4 dente(s) de alho
2 ovos
2 dl azeite
batatas parisienses
q.b. sal e pimenta

1 Esfarele o miolo de broa e junte-lhe a salsa e os dentes de alho bem picados.
2 Bata os ovos e junte um pouco de pimenta.
3 Passe os lombos de bacalhau pelo ovo e de seguida pela mistura de broa.
4Coloque num tabuleiro de ir ao forno. Junte as batatas parisienses.
5 Num tacho, leve a aquecer o azeite e adicione-o ao bacalhau.
6 Leve ao forno, já pré-aquecido a 220ºc, e deixe cozinhar até as batatas estarem cozidas e estaladiças.
7 Regue de vez em quando com o próprio
8 Decore a gosto e sirva com azeitona

Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in D:\Websites\amcpocor\blogs.amcpocoredondo.pt\www\skins\_feedback.php on line 102 Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in D:\Websites\amcpocor\blogs.amcpocoredondo.pt\www\skins\_feedback.php on line 223

Sabia que …

Permalink 16:13:06, Categories: Número 3 - Outubro 2007  

... A maçã, por ser particularmente rica em fitonutrientes, parte dos quais antioxidantes (quercetina e catequina), se consumida diariamente com casca ajuda reduzir o colesterol e o risco de doenças cardiovasculares; diminuir o risco de diabetes; melhorar a função digestiva e respiratória, bem como reduzir o excesso de peso.
A maçã com casca tem uma capacidade antioxidante cinco vezes superior a uma maçã descascada.

Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in D:\Websites\amcpocor\blogs.amcpocoredondo.pt\www\skins\_feedback.php on line 102 Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in D:\Websites\amcpocor\blogs.amcpocoredondo.pt\www\skins\_feedback.php on line 223

Da delimitação do campo à sociedade das minas

Permalink 16:07:10, Categories: Número 3 - Outubro 2007  

3. DELIMITAÇÃO DO CAMPO DAS MINAS

A 24 de Março de 1922, em resposta ao requerido por Mário Nery Faria de Magalhães e Eurico Leopoldo Faria de Magalhães, é publicado no Diário do Governo nº 68 - 2ª Série, uma portaria assinada pelo então Ministro do Trabalho, Vasco Borges, que torna os requerentes legais proprietários do descobrimento das minas de ouro do Poço Redondo.
São então delimitadas as minas e determinado aos requerentes para no prazo de seis meses solicitarem a concessão, provarem que possuírem 80.000 réis para preparação da lavra do jazigo, e apresentarem proposta de um responsável inidóneo para dirigir os trabalhos.
O Alvará de concessão das minas, assinado pelo então Presidente da República, Dr. António José D’Almeida, passado a favor dos irmãos Mário Nery Faria Magalhães e Eurico Leopoldo Faria de Magalhães, veio a ser publicado no Diário do Governo nº 43 - 2ª Série, de 22 de Fevereiro de 1923.

4 . SOCIEDADE DAS MINAS DO POÇO REDONDO

Entretanto surgiu a SOCIEDADE DAS MINAS DE OURO DO POÇO REDONDO, LDª, com sede em Tomar, cujo documento de constituição veio a ser publicado no Jornal "Sporting de Tomar" na sua edição de 29 de Abril de 1923, da qual, além dos irmãos Magalhães, faziam parte outros ilustres e distintos Tomarenses.
Com o capital social de 120.000$00, subscrito por 24 sócios, esta Sociedade tinha como sócio maioritário o industrial João de Oliveira Casquilho - proprietário da fábrica de papel da Matrena -, com uma quota de 40.000$00.
Os irmãos Mário e Eurico de Magalhães ficaram com uma quota de 7.500$00 cada um e os restantes sócios com quotas de 6.000$00 (António Gonçalves da Silva); 5.000$00 (D. Alexandre Dias Tuesta, Bernardino Lopes, Clemente Vicente, João Antunes Lopes, José dos Santos, António Antunes Lopes, Feliciano de Matos e João Manuel dos Santos Faria), 3.000$00 (Albino de Lima Simões), 2.000$00 (João Torres Pinheiro, José dos Santos Vasconcelos, António da Fonseca Simões e Adriano de Lima Simões), e 1.000$00 (Dr. Cândido Nunes Madureira, Álvaro Gomes de Vasconcelos, Feliciano Pereira, Filipe Antunes Rola, Henrique da Fonseca Simões, Carlos Oliveira, Augusto de Sousa Silveira e Adriano de Lima Simões).
O capital social poderia ser aumentado até 200.000$00, se assim fosse decidido em assembleia geral, tanto por admissão de novos sócios, como por subscrição dos sócios fundadores, devendo, neste último caso e na falta de acordo em contrário, o aumento ser feito por eles na proporção das respectivas quotas.
A administração da Sociedade e a sua representação em juízo e fora dele, activa e passivamente, era exercida por uma gerência composta por três elementos efectivos e outros tantos substitutos, eleitos pela assembleia geral dos sócios, excepto nas relações com o Estado em que a representação da Sociedade era da responsabilidade dos irmãos Mário e Eurico de Magalhães
Da primeira gerência, ainda provisória, fizeram parte os sócios António Gonçalves da Silva, Henrique da Fonseca Simões e Mário Nery Faria de Magalhães, como efectivos, e como substitutos, António da Fonseca Simões, Dr. Cândido Nunes Madureira e Adriano de Lima Simões.
Segundo os estatutos da Sociedade, quando no laboratório químico das minas se procedesse à destilação do mercúrio para extracção do ouro, a tal acto deveriam assistir todos os membros da gerência e os sócios que quisessem, pesando-se na presença de todos o metal extraído, lavrando-se acta em seguida.
A Sociedade não se dissolveria por morte ou interdição de qualquer dos sócios, mas somente nos casos previstos na lei e por deliberação tomada em assembleia geral em que estivessem representados três quartos do capital social, em primeira convocação; mais de metade do capital social e a gerência, em segunda convocação; ou a representação de qualquer capital, em terceira convocação.

(continua no próximo número)

Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in D:\Websites\amcpocor\blogs.amcpocoredondo.pt\www\skins\_feedback.php on line 102 Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in D:\Websites\amcpocor\blogs.amcpocoredondo.pt\www\skins\_feedback.php on line 223

Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in D:\Websites\amcpocor\blogs.amcpocoredondo.pt\www\plugins\_calendar.plugin.php on line 135 Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in D:\Websites\amcpocor\blogs.amcpocoredondo.pt\www\plugins\_calendar.plugin.php on line 865
September 2019
Mon Tue Wed Thu Fri Sat Sun
 << <   > >>
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30            

Boletim "O Poço"

Search

Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in D:\Websites\amcpocor\blogs.amcpocoredondo.pt\www\plugins\_archives.plugin.php on line 152 Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in D:\Websites\amcpocor\blogs.amcpocoredondo.pt\www\plugins\_archives.plugin.php on line 329

Misc

XML Feeds

What is this?

powered by
b2evolution